Postado em 13 de Junho às 16h54

Servioeste participa do Seminário Internacional de Sustentabilidade, Gestão e Inovação de Chapecó

Sustentabilidade (13)

Evento reúne empresas e entidades para discutir o Meio Ambiente.

Entre os dias 12 e 14 de junho, acontece, em Chapecó, o I Seminário Internacional de Sustentabilidade, Gestão e Inovação, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes. O evento reúne diversas empresa, entidades e profissionais para discutir o meio ambiente.

Resíduos sólidos, economia circular – mostrando que todos os resíduos devem retornar a ser matéria prima para outro produto –, qualidade e gestão da água e impactos sociais das usinas hidrelétricas são alguns dos temas abordados nas palestras. “Tentamos apresentar os aspectos ambientais, sociais e econômicos, pois isso é a sustentabilidade. Como cidadãos, todos temos obrigação de buscar a sustentabilidade e todo mundo se beneficia quando cuidamos do meio ambiente. Com essa temática, queremos chamar a atenção da população, para que se preocupe com essas questões e veja que é algo fácil e possível de ser feito. Este Seminário é um marco para Chapecó”, avalia a coordenadora do evento, Manuela dos Passos.

Servioeste - Soluções Ambientais para Resíduos de Saúde Como parte da programação do Seminário, na manhã desta quarta-feira (13), empresas, entidades, escolas e Polícia Militar Ambiental participaram da...

Como parte da programação do Seminário, na manhã desta quarta-feira (13), empresas, entidades, escolas e Polícia Militar Ambiental participaram da Caminhada Pelo Meio Ambiente, em alusão ao Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado em 5 de junho. O Grupo Servioeste esteve presente na passeata, como empresa ligada ao Fórum de Resíduos Sólidos de Chapecó e ao Comitê Local dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. “É importante mostrar à população que também trabalhamos em prol do meio ambiente, nos preocupamos e estamos engajados com as pautas ambientais. Quanto mais pessoas conseguirmos mobilizar, mais conseguiremos conscientizá-las”, enfatiza a engenheira ambiental do Grupo Servioeste, Caroline Beutler.

Veja também

Projeto de Lei quer reduzir atropelamento de animais.10/04/15    O atropelamento de fauna é um problema ambiental sério e pouco difundido. Os números são assustadores e pulverizam a já estarrecedora estatística de mortos humanos nas estradas. Se, por acidente, morrem 43 mil pessoas por ano no Brasil, quando o assunto é fauna esse número sobe para 475 milhões de animais vertebrados, ou seja, cerca de 11......
Saiba como separar resíduos de saúde05/04/17 O descarte inadequado de resíduos de saúde (contaminados, portanto nocivos), além de ser um risco à saúde humana e ao meio ambiente, acarreta em crime ambiental. Cada resíduo precisa ter sua separação,......
Novo estudo liga desmatamento da Amazônia a seca no país03/11/14Cientista sugere desmate zero e reflorestamento contra escassez hídrica. Em 40 anos, Amazônia perdeu área equivalente a duas Alemanhas.   O pesquisador Antônio Nobre, do Centro de Ciência do Sistema Terrestre (CCST), braço do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) analisou mais de 200 artigos científicos sobre a Amazônia e sua......

Voltar para Blog